Início | Livros de biblioteca | Fale Conosco

Main Menu

Languages

Select Interface Language:

Crenças de Mirza Ghulam Ahmad - Ele é muçulmano?
Posted on Thursday, August 06 @ 02:18:05 AST by webmaster
All Topics

Campanha de conscientização sobre a Ahmadia

 

Seu amor e paz estejam sobre Syedna Muhammad, após quem não há Profeta e sobre sua família e companheiros.

 

Crenças de Mirza Ghulam Ahmad

Ele é muçulmano?

 

Por Dr. Syed Rashid Ali

 

Queridos irmãos e irmãs no Islã e amigos cristãos!

 

Assalamoalaikum wa Rehmatullah wa Barakatohu.

 

Em 1974, sábios islâmicos de 124 países do mundo encontraram-se em Meca na Arábia Saudita sob os auspícios de Rabita al-Alam al-Islami (Liga Mundial Muçulmana). Eles passaram uma resolução declarando Mirza Ghulam Ahmad e seus seguidores (Movimento Ahmadiyya/Qadianis/Ahmadis/Mirzais/Lahoris) desertores, KAFIRs e excluídos do rebanho do Islã. Nos últimos 100 anos todos os sábios religiosos de MECA, MEDINA, al MUNAWWARAH, EGITO, INDO-PAQUISTÃO e todas as NAÇÕES ARABES & MUÇULMANAS uniram suas opiniões e os declararam desertores, Kafirs e excluídos do rebanho do Islã.

 

MODUS OPERANDI:

 

Seguidores de Mirza Ghulam Ahmad chamam a si próprios de “MUÇULMANOS AHMADI”. Eles vão especialmente para áreas remotas onde Muçulmanos nunca ouviram o nome de Mirza Ghulam ou Qadianismo ou do Movimento Ahmadiyya. Fingindo ser MUÇULMANOS SUNNI e usando seus vastos recursos, oferecendo dinheiro e outros incentivos materiais, eles têm portanto desencaminhado massas de pobres e ignorantes muçulmanos em varias partes do mundo especialmente na África Central E Ocidental, Países distantes do Oriente e Republicas Muçulmanas da Ásia Central. Os muçulmanos dessas regiões pertencem principalmente a comunidades que nunca ouviram falar de Mirza Ghulam ou Ahmadi ou do Movimento Ahmadia e portanto são inconscientes que todo o Ummah muçulmano declarou-os KAFIR e excluídos do rebanho mulçumano.Desta maneira eles procuram converter um MUÇULMANO SUNNI em MUÇULMANO AHMADI.

 

PERGUNTA: Se Ahmadis são muçulmanos Sunni, por que chamam a si próprios de Muçulmanos Ahmadi?

 

QUEM FOI MIRZA GHULAM AHMAD ?

 

Mirza Ghulam Ahmad nasceu de uma família muçulmana em uma vila indiana no norte de Qadian em 1839. Ele recebeu alguma educação religiosa em casa. Ele sofria de uma grande variedade de doenças físicas e mentais e tinha o habito de usar ópio e vinho tônico. Sob a influencia dos governantes britânicos da Índia, ele vendeu sua fé por mesquinhos ganhos mundanos. Ele afirmava ser o prometido messias, Mahdi, Profeta e a segunda vinda do Sagrado Profeta Muhammad (que a paz esteja sobre Ele), que voltou em Mirza para propagar o Islã. Ele afirmava ter recebido o WAHI (revelação) e nomeado BRAHEEN-e-AHMADIYYA como o LIVRO de DEUS. Os britânicos estavam encontrando dificuldades na Índia por causa do espírito da Jehad nos muçulmanos e a pedido dos britânicos, Mirza Ghulam Ahmad escreveu livros e panfletos nos quais ele punha fim a Jehad e fazia da lealdade aos governantes britânicos uma cláusula de fé. Mirza Ghulam Ahmad Mirza Ghulam formou o MOVIMENTO AHMADIA em 1889 e chamou seus seguidores de MUÇULMANOS AHMADI. Ele rotulou a TODOS AQUELES QUE NÃO ACEITAVAM A ELE E NÃO O TINHAM COMO SEU PROFETA COMO BASTARDOS (filhos de prostitutas). Mirza Ghulam Ahmad morreu em 1908 mas o Movimento Ahmadia continuou a florescer desde então; no início sob o patrocínio dos patronos britânicos e agora os Estados Unidos e outros governos anti-Islãmicos.

 

CRENÇAS ANTI-ISLAMICAS DE MIRZA GHULAM AHMAD:

 

Mirza Ghulam Ahmad escreveu 80 livros durante sua vida, os quais provaram ser um excelente instrumento para entender o que se passava na mente dele e como com a passagem do tempo sua fé evoluiu gradualmente do Islã até deixa-lo por completo e tornar-se um infiel.”ROOHANI KHAZAIN” é o título da coleção de livros de Mirza Ghulam, impressos pelo Quartel General do Movimento Ahmadi em Londres.

 

Mirza nasceu de família muçulmana. Seus primeiros livros portanto continham as mesmas crenças de qualquer outro muçulmano Sunni. Mas com o passar do tempo sua crença teve uma mudança dramática e seus escritos tornaram-se mais e mais heréticos e anti-islamicos. Entretanto numa tentativa para provar que Mirza Ghulam e Ahmadis são todos muçulmanos Sunni, a literatura propagandista do Movimento Ahmadia normalmente fornece somente as citações de seus primeiros livros. Os Ahmadis na maioria das vezes falarão do Sagrado Alcorão e Hadith deixando Mirza Ghulam em segundo plano e normalmente apresentando-o como um reformista, um Mujaddid, ou Messias, dependendo para que tipo de pessoas estejam pregando. As afirmações de Mirza Ghulam em ser profeta não são discutidas.

 

A seguir estão alguns trechos dos livros de Mirza Ghulam Ahmad dos quais provém a base para que os sábios muçulmanos declarem a ele e seus seguidores Kafir, desertores e excluídos do rebanho do Islã.

 

I . Mirza Ghulam diz: (trechos de Izala-e-Auham, Roohani Khazain, vol.3 p.114-472)

 

1.      O Sagrado Profeta Maomé (pbuh) não entendeu o significado de Surah AlZizal.

2.      Outros Profetas também cometeram erros e mentiram. (Mirza tentando justificar suas falsas declarações e profecias não *****pridas – Author)

3.      As revelações de Hazrat Maomé também se tornaram erradas.

4.      A revelação não informou Hazrath Maomé (pbuh) sobre Ibne Maryam, Dajjal, Khare Dajjal, Yajoog Majjog e Daabatul Ardh.

5.      Braheen-e-Khazain é referido como sendo o Livro de Deus em vários outros livros por Mirza Ghulam eg. Roohani Khazain vol.22 p.502.

6.      “Inna Anzalnaaho Qareeban min alQadian wa bil Haq anzalnnahu  Sem duvida nós o enviamos (Mirza) próximo a Qadian e com a verdade nós o enviamos”, ... essa revelação que foi publicada em Braheene Ahmadiyya também está claramente revelando que o nome de Qadian é definitivamente mencionada no Alcorão ou Hadith como uma profecia.”

7.      Nomes de Makkah, Madina e Qadian são mencionados com respeito no Sagrado Alcorão.

8.      O Sagrado Alcorão é cheio de palavras obscenas. (Mirza tentando justificar sua linguagem obscena que usou contra seus oponentes.)

 

II. Mirza Ghulam afirmou que:

 

1.      Ele era a segunda vinda do Sagrado Profeta Maomé (pbuh) e melhor e superior do que a primeira vinda (Roohani Khazain vol.16 p272)

2.      O Sagrado Profeta Maomé (pbuh) voltou a este mundo como Mirza Ghulam Ahmad para propagar o Islã. (Roohani Khazain vol.17 p249)

3.      Ahmadis não devem fazer distinção entre Mirza Ghulam e Hazrat Maomé (pbuh) porque “Qualquer um que me diferenciar de Mustafá (pbuh) não me viu e não me reconheceu” (Roohani Khazain vol.16 p171)

4.      O WAHI de Mirza o revelou: “Muhammadur Rasoolullah wallazeena ma’ahoo ashiddaohoo’ ala alkuffar rohamao bainahum” nesse WAHI Deus chamou-me de Muhammad e Rasoolullah.” (Roohani Khazain vol.18 p207)

5.      Aqueles que se juntarem a Mirza Jama’at tornaram-se SAHABI de Rasoolullah. (Roohani Khazain vol.16 p258-259)

6.      Já que Mirza Ghulam não é ninguém mais que o Sagrado Profeta Muhammad (pbuh), portanto quando um Ahmadi recita KALIMA TAYYEBAH, por Muhammadur Rasoolullah ele quer dizer Mirza Ghulam Ahmad Qadiani. (Kalimat al Fasl por Mirza Basheer Ahmad s/o Mirza Ghulam Ahmad Qadiani)

 

III. De Mirza filho de Chiragh Bibi para Jesus filho de Maria:

 

Mirza Ghulam Ahmad era filho de Chiragh Bibi mas ele afirmava que ele era Jesus. Ele disse que primeiramente Deus converteu-o em Maria por dois anos. Depois desses dois anos, Deus o engravidou, soprando a alma de Jesus dentro dele; ele permaneceu grávido por 10 meses, depois dos quais Deus o converteu em Jesus. Assim foi que ele se tornou Maria e também Jesus.

(Roohani Khazain vol.19 p87-89)

 

IV. Mirza Ghulam Ahmad afirmava ser:

 

1.      Ele era Maseel Maseeh, isto quer dizer que ele tinha certas qualidades que pareciam com as de Jesus filho de Maria. (Roohani Khazain vol.1 p593)

2.      Jesus era filho de José. (Roohani Khazain vol.3  p254)

3.      Hazrat Eisa está morto e não voltará. (Roohani Khazain vol.3  p402)

4.      Jesus era um mentiroso, tinha o habito de proferir obscenidades, era um alcoólatra, glutão e vil, que não era piedoso nem mesmo um procurador da verdade, ele era um homem orgulhoso e afirmava se ruma divindade. (Roohani Khazain vol.9 p387, vol.11 p.289)

5.      “A verdade é que Jesus num fez milagre algum.” (Roohani Khazain vol.11 p290-291)

6.      “Três gerações de avós de Jesus foram FORNICADORAS e PROTITUTAS, das quais o sangue e o corpo de Jesus viram ao mundo.” (Roohani Khazain vol.11 p.291)

7.      “Jesus tornou-se insano devido à epilepsia. (Roohani Khazain vol.9 p417)

8.      “Eu gostaria  que Jesus não tivesse vindo ao mundo. (Roohani Khazain vol.9 p417)

9.      “Eu sou melhor que Jesus filho de Maria.” (Roohani Khazain vol.1 p593)

10.  “Eu tenho certas qualidades que lembram a Jesus… minha natureza e a de Jesus parecem-se tanto quanto dois pedaços do mesmo átomo ou como duas sementes da mesma árvore.” (Roohani Khazain vol.1 p593)

 

V. Mirza se gabava que:

 

1.      “O Alcorão é o livro de Deus e as palavras da minha boca.” (Propaganda datada de 15 de março de 1897, Roohani Khazain vol.22 p87)

2.      “Eu acredito em meu WAHI como acredito no Alcorão e na Tora.” (Roohani Khazain vol.17 p454)

3.      “A base de nossas afirmações não é Hadith mas sim o Alcorão e o WAHI que veio a nos. Em apoio nós também citamos os Hadiths que estão de acordo com o Alcorão e que NÃO CONTRADIZEM COM MEU WAHI. Quanto ao RESTO DO HADITHs, EU OS JOGO FORA COMO PAPEL INÚTIL.” (Roohani Khazain vol.19 p140)

4.      Bait-ul-Zikr (Mesquita adjacente a Bait-ul-Fikr, a sala onde Mirza Ghulam costumava sentar-se para escrever livros) é como Haram-e-Ka’aba, “Wa man dakhalahoo kaan amina” (e quem quer que entre lá, que a paz esteja com ele) (Roohani Khazain vol.9 p666-667)

5.      Verso [17:1] do Sagrado Alcorão: “Louvores a Alá, que levou seu servo na Jornada Noturna de Masjid Haram para Masjid Aqsa”, a aplicação real e literal é que a Mesquita foi construída pelo pai de Mirza Ghulam. (coleção de propagandas vol.3 p.286)



 

[P.S: De acordo com Mirza Ghulam, o Alcorão são as palavras de sua boca, sua Mesquita é como Haram-e-Kaba, e Masjid-e-Aqsa é em Qadian e não em Jerusalém.

 

VI. Mirza anunciou:

 

1.      “Eu sou Adão, eu sou Noé, eu sou Abraão, eu sou Isaac, eu sou Jacó, eu sou Ishmael, eu sou Moisés, eu sou Jesus filho de Maria, Eu sou Mohammad SAAW...” (Roohani Khazain vol.22 p521)

2.      “O verdadeiro Deus é aquele que enviou seu Mensageiro a Qadian” (Roohani Khazain vol.18 p231)

 

VII. Mirza declarou que:

 

1.      “Exceto pelos filhos de prostitutas, cujos corações foram selados por Deus, todos me aceitaram e acreditam em minhas profecias.” (Aina-e-Kamalate Islam, Roohani Khazain vol.19 p140)

2.      Aquele, que não acredita em Mirza Ghulam Ahmad, é desobediente a Deus e ao Profeta e irá para o inferno.” (Propaganda de Mirza Ghulam Ahmad datada de 25 de maio de 1900)

3.      Eu sou o “a semente por si só implantada e cultivada” do governo britânico. “O governo deveria tomar grande cuidado respeitando muito esta semente por si só implantada... deveria instruir seus oficiais a tratar-me e meu JAMA’AT com especial delicadeza e favores. Nossa família nunca hesitou em derramar seu sangue no caminho dos governantes britânicos e não parou de sacrificar suas vidas tão pouco hesitarão agora.” (Roohani Khazain vol.13 p350)

4.      “Desde de minha infância até agora com 65 anos, Eu estou comprometido, com minha língua e caneta, em uma importante tarefa de mudar o coração dos muçulmanos através do amor & desejo de Deus & solidariedade pelo governo britânico e suprimir a idéia da Jehad do coração dos estúpidos (muçulmanos).” (Kitab-ul-Bariyah, Roohani Khazain vol.11 p290-291)

5.      “… pelo amor ao governo britânico, eu publiquei e distribui 50.000 panfletos neste país (Índia) e em outros paises islâmicos (contra a Jehad) ... o resultado é que milhares de pessoas desistiram de suas idéias imundas sobre a Jehad.” (Roohani Khazain vol.15 p114)

 

 

Queridos irmãos e irmãs no Islã e amigos cristãos.

 

Essas são as verdadeiras crenças de Mirza Ghulam Ahmad, fundador da Associação Ahmadia e seu Ahmadiyya/Qadiani Jama’at, mas a literatura propagandista irá apenas tênar provar que eles são muçulmanos Sunni. Centenas de milhares de muçulmanos perderam sua fé nas mãos dos Qadianis/Ahmadis porque eles não tinham conhecimento sobre Mirza Ghulam ou do Movimento Ahmadia e sua heresias.

 

As forças ocidentais estão com medo do RESSURGIMENTO DO ISLA, o ESPIRITO DA JIHAD dos muçulmanos. Eles sabem que qualquer muçulmano que se tornar um Qadiani/Ahmadi, é um muçulmano a menos.Cada Ahmad deve acreditar que JIHAD É ERRADO. O Movimento Ahmadiyya é portanto um agente das forças anti-islamicas para nos tirar de nossa fé no verdadeiro Islã.

 

 

QUE DEUS POSSA PROTEGER A FÉ DA CADA MUÇULMANO DAS FORÇAS DO MAL. AMÉM.

 

Wassalamoalikum wa Rehmatullahe wa Barakhatohoo

 

Seu irmão no Islã

 

Dr Syed Rashid Ali

 

PO BOX 11560

DIBBA al-FUJAIRAH

EMIRADOS ÁRABES UNIDOS

T.No. (9719) 447337 ** FAX (9719) 442846

 Email: rasyed@emirates.net.ae

 

Related Links

Article Rating

Average Score: 0
Votes: 0

Please take a second and vote for this article:

Excellent
Very Good
Good
Regular
Bad

Options

Associated Topics

All Topics

Sorry, Comments are not available for this article.

Page Generation: 0.53 Seconds