Início | Livros de biblioteca | Fale Conosco

Main Menu

Languages

Select Interface Language:

A Fraude do Eclipse Duplo do Ramadan
Posted on Thursday, August 06 @ 03:22:31 AST by webmaster
All Topics

Campanha de Conscientização Ahmadia

O PARAÍSO PERDIDO DE SHADDAD

Uma Fraude Eclipsada ou Uma Fraude de Eclipse?

 

Shaddad foi um rei de dias passados que tentou construir para si um Paraíso, após ter ouvido as histórias do Paraíso Divino. Finalmente quando estava pronto para a inauguração, quando ele estava quase entrando em seu Paraíso, Alá ordenou Ezrail (as), o anjo da morte, a arrancar a alma de Shaddad. Tal é o fim de pessoas ameaçadoras e arrogantes.

 

O Movimento Ahmadia tem feito muita propaganda sobre os denominados ‘Sinais Divinos’, revelados em favor de seu fundador, Mirza Ghulam Ahmad Qadiani para provar que ele é Imam Mahdi. Baseado no que foi escrito por Mirza Ghulam, um filme em vídeo foi transmitido ano passado na televisão americana e vários artigos foram escritos para anunciar a ocorrência destes ‘Sinais Divinos’ que ocorreram exclusivamente durante a vida de Mirza.  

 

Poucos destes artigos também estão presentes na Internet. Recentemente um Ahmadi de Toronto, Sr Eisa Jan, escreveu para mim:

“Se qualquer não-muçulmano lhe perguntar se seu Profeta profetizou que na virada do século 14, Imam Mahdi ou Prometido Messias aparecerá. Agora o século 15 começou e não há sinal nenhum de Imam Mahdi?”.

Similarmente se ele perguntar se seu Profeta profetizou que na época do aparecimento de Imam Mahdi, a lua eclipsará no primeiro dia do Ramadan e sol eclipsará na data mediana do Ramadan e estes dois eclipses acontecerão no Ramadan de 1894 mas não há nenhum sinal de Imam Mahdi?  

Você não terá nada a dizer exceto silêncio ou embarassamento. Mas pela Graça de Deus, nós, Ahmadis, podemos dizer orgulhosamente que todas as profecias do Santo Profeta (Mohammed) SAAW foram *****pridas em toda a sua glória”.  

 

·         Qual foi a profecia do Sagrado Profeta Mohammed SAAW?  

·         Qual foi a afirmação de Mirza Ghulam?  

·         Esta profecia foi realmente *****prida a favor de Mirza?  

OU  

·         ·        É apenas uma outra fraude em nome do Islã – um eclipse fraudulento? 

 

·         ·        Parte I - A Profecia original  

·         ·        Parte II - A Tradução e Manipulação de Mirza Ghulam

·         ·        Parte III - Falsas afirmações de anos passados

·         ·        Parte IV - Comentários sobre ‘Eclipses e o  Prometido Messias’ por Dr David McNaughton  

·         ·        Parte V - Datas do Eclipse Duplo do Ramadhan por Dr David McNaughton  

·         ·        Eclipses e o Prometido Messias  - o ponto de vista do Astrônomo Qadaini.  

 

Em nome de Allah, o Mais Misericordioso, o Mais Benevolente

PARTE I

A Profecia Original do Eclipse Duplo do Ramadan

Narrado por 'Amr, filho de Shamer que cita Jabir, que citou Mohammed bin 'Ali ( Imam Mohammed al Baqir): 

 

“Para o nosso Mahdi, há dois sinais. Desde o nascimento do Universo, estes eventos nunca aconteceram. Aqueles dois sinais são que haverá um Eclipse Lunar na primeira noite do Ramadan e um Eclipse Solar no meio do Ramadan”. (Dar-e-Qatni, vol 1 p.188) 

 

Há dois pontos que valem ser notados:

 

·         A tradição mencionada acima é uma citação de Imam Mohammed al Baqir bin 'Ali e não o Hadith (Tradição) do Sagrado Profeta Mohammed SAAW.  

·         Durante os últimos séculos, sábios islâmicos de Hadiths (muhadditheens) sempre mantiveram que os dois narradores, 'Amr e Jabir, desta tradição são conhecidos por serem mentirosos. Portanto esta tradição não deve ser confiada.  

PART II 

Mirza Ghulam e a Profecia do Eclipse Duplo do Ramadan

A seguir estão algumas das citações dos livros de Mirza Ghulam Ahmad Qadiani, o fundador do Movimento Ahmadia. 

 

“Eu tenho uma evidência de Deus... no Sagrado Alcorão e Hadith de Dar-e-Qatni estes (eclipses lunar e solar) foram mencionados como um sinal do Prometido Mahdi”.  

(Roohani Khazain vol  17 p.63) 

 

“Um Hadith de Dar-e-Qatni também prova que o Prometido Mahdi aparecerá no principio do século XIV, e que o Hadith é este...” a tradução do Hadith todo é:  

 

‘Há dois sinais de nosso Mahdi; como a criação da terra  

e este sinal celeste não foi revelado para qualquer  

designado e profeta e mensageiro; e que sinais são  

que a lua eclipsará na primeira noite de suas noites fixas de  

eclipse e sol no meio dos dias fixos  

para este eclipse, durante o mês de Ramadan’. 

......este Hadith claramente fixa o século XIV.”

                                                            (Roohani Khazain vol 17 p.331) 

PS Note as interpolações  na tradução do Hadith!!  

 

A Lua do Século XIV

“O século XIV é aquele século sobre o qual até mesmo as senhoras diziam  

que era o século de bênçãos e generosidades que viria.... mas alas!  

o dia veio e a lua cheia despertou, ele foi rotulado como homem de negócios, egoísta”.  

(Roohani Khazain, Malfoozat vol 1 p.163)   

Declarações Contraditórias 

“Isto nunca aconteceu e absolutamente nunca aconteceu, exceto em minha época,  

desde o inicio do universo até agora, que os eclipses lunar e solar juntaram-se

no mês do Ramadan, de tal maneira que algum pretendente a mensageiro

ou profeta ou muhaddathiyat (aquele que conversa com Deus) também esteve presente”.  

(Roohani Khazain vol 9 p.50) 

 

“O significado da profecia é que este sinal não veio para qualquer outro pretendente, se verdadeiro ou não. Só dado ao Prometido Mahdi. Se estes tiranos molvis (sábios islâmicos) possam apresentar uma ocorrência semelhante de eclipse lunar e solar na época de algum outro pretendente; então sem dúvida eu me tornarei um mentiroso”.  

(Roohani Khazain vol  11 p.332) 

 

“Quando este sinal apareceu em Hindustan, nas ruas de Makkah, pessoas estavam dizendo que o Prometido Mahdi havia  nascido..., eles estavam saltando de alegria porque chegara a hora para a elevação do Islã e o Mahdi nascera”.  

(Roohani Khazain vol 17 p.154) 

 

“A combinação dos eclipses lunar e solar durante o  Ramadan nunca aconteceu durante a época de qualquer Profeta ou Mensageiro ou muhaddith e desde o nascimento do universo durante a época de qualquer pretendente a mensageiro ou profeta ou muhaddithiyat, os eclipses  lunar e solar nunca ocorreram juntos no Ramadan. Combinação de eclipses Lunar e Solar é um fenômeno antinatural”.  

(Roohani Khazain vol 9 p.84) 

 

“Todos aqueles Hadiths nos quais a vinda do Mahdi (Profeta) é predita não são autênticas e não podem ser confiadas”.

(Haqeeqat-ul-Mahdi, Roohani Khazain vol 14 pág. 429) 

 

“E agora eu gostaria de informar ao meu governo (britânico) que o Prometido Messias, justamente guiado por Deus e seguindo a conduta de Jesus Cristo, sou eu ... e eu absolutamente nego que um Messias descerá dos céus para as Guerras islâmicas; e que alguém pelo nome de Mahdi, da família de Fathima que será um governante do seu tempo e ambos (ele e o Messias) se unirão para começar a matança, Deus revelou a mim que todas estas coisas não estão corretas...a alegação de Mohammed Hussain Batalvi traçando uma similaridade entre mim e Mahdi Sudani, é uma tentativa de enganar o governo. É óbvio que eu não acredito na Jihad e nem mesmo acredito em tal Mahdi ou Messias que virá para a Jihad e para o derramamento de sangue. Portanto qual  é a semelhança entre mim e Sudani e o qual é a relação dele comigo”?  

(21 de fevereiro de 1889, Haqeeqat-ul-Mahdi, Roohani Khazain vol 14 p.436) 

 

“O Mahdi que foi destinado a vir com orientação direta de Deus na hora da queda do Islã e da expansão da apostasia, cujas boas novas foram determinadas pelo Sagrado Profeta SAAW  a 1300 anos, sou eu”.  

(Tazkirat AlShahadatain, Roohani Khazain vol 20, p.43) 

 

“Desde que eu era jovem, até hoje, com quase 60 anos, eu tenho estado comprometido com minha língua e caneta em uma tarefa importante, que é virar os corações dos muçulmanos para o verdadeiro amor e benevolência para o governo britânico e remover as idéias erradas de Jihad dos corações dos muçulmanos estúpidos”.  

(Roohani Khazain vol 13 p.339) 

Reagindo à crítica de um dos seus oponentes, Mirza Ghulam Ahmad disse: 

 

“O Baixa Casta, Khabees, Inimigo de Allah e do Profeta! Você fez esta alteração judia na (profecia), de forma que este Grande Milagre do Sagrado Profeta SAAW fosse ocultado deste mundo...sua mentira, O sem valor, está exposta...de qual palavra  estes estúpidos entenderam estes significados? O Tolos! O sem Visão! Desgraça ao Molviyat! ...especialmente o chefe dos Dajjaleens, Abdul Haq Ghaznavi e os seguidores dele; Cem mil vezes maldições caiam sobre eles. O Sujo Dajjal! Profecia foi *****prida mas o fanatismo cegou vocês”.  

(Zamima Anjam-e-Atham, Roohani Khazain vol 11 p.330) 

 

Declarações Contraditórias

“Eu não afirmo que eu sou o Mahdi que está de acordo com (o Hadith de Rasoolullah) do filho de Fátima e de minha família etc.”  

(Braheen-e-Ahmadiyya, part 5, Roohani Khazain vol 21 p.356) 

   

“Eu também admito que vários Mahdi podem ter vindo antes e possivelmente virão no futuro e algum Mahdi pode aparecer pelo nome de Imam Mohammed”.  

(Izala-e-Auham, Roohani Khazain vol 3 p.380) 

 

“É possível que nenhum Messias possa aparecer no futuro. Possa ser que mais 10.000 Messias possam aparecer e um deles pode descer em Damasco.... e é possível e altamente provável que a algum dia um Messias apareça e sobre o qual as palavras de Hadith se apliquem...”.  

(Izala-e-Auham, Roohani Khazain, vol 3 p.197) 

Contradições e Édito de Qadiani

“Escritos de um mentiroso normalmente contêm contradições”.  

(Zamima Braheen-e-Ahmadiyya Part 5, Roohani Khazain vol 21 p.275) 

 

“Escritos de uma pessoa verdadeira de consciência limpa nunca contém qualquer contradição. Porém se alguém é lunático e insano ou tal hipócrita que é homem de adular alguém, seus escritos irão, com certeza, ser contraditórios”.  

(Sat Bachan, Roohani Khazain vol 10 p.132) 

 

“Qualquer pessoa inteligente e sensata nunca pode manter duas convicções diferentes”.  

 

PART III

Falsas Afirmações de Anos Passados e o Eclipse Duplo do Ramadan

 

Mirza Ghulam Ahmad Qadiani, fundador de Movimento Ahmadia, pretendente de Mahdi e Messias, disse:

“Este sinal de (Eclipse Duplo do Ramadan) não foi dado a qualquer pretendente, se verdadeiro ou falso, apenas dado ao Prometido Mahdi. Se estes Cruéis Molvis puderem provar a ocorrência do Eclipse Duplo na vida de algum outro pretendente, então eu me tornarei um mentiroso sem sombra de dúvida”.  

(Roohani Khazain vol 11 p.332) 

Durante os últimos 1400 anos houve pretendentes inumeráveis, grandes e pequenos, alguns deles durante a vida do próprio Mirza Ghulam. A seguir a lista de alguns pretendentes:  

1. Dr Alexander Dowie nos E.U.A., 1890s.  

2. Mahdi Sudani no Sudão.  

3. Mirza Ali Baab no Irã. Reivindicado ser Mahdi em 1260 AH.  

4. Subhe Azal, o sucessor de Mirza Ali Baab.   

5. Baha-ullah, sucessor de Mirza Ali Baab. Ambos reivindicaram ser Mahdi.  

6. Saleh binTarif Burghwati reivindicou ser profeta e Mahdi em 125AH. Em 174 AH ele abdicou o trono em favor de seu filho, depois de reger seu povo durante 47 anos. (AlIstaqsa LAkhbar alMaghrib alAqsa, veja Aimma-e-Tilbees vol 1 p.192)  

7. Abu Mansoor Eisa reivindicou ser profeta e Mahdi em 341 AH e governau seu povo por 28 anos. (Aimma-e-Tilbees Vol 1 p.194)  

8. Abu Ghafeer Mohammed bin M'uaaz. Reivindicou ser Mahdi em 268 AH e  governou seu povo por 29 anos. (Aimma-e-Tilbees vol  1 p.194)  

Caro Leitor!  

Mirza Ghulam Ahmad Qadiani e seus seguidores vêm enganando a todos por muito tempo. O mito de ‘Sinais Divinos’  agora foi exposto. Se estes eventos provam qualquer coisa, é para o leitor decidir. 

Há um mais mito que precisa ser exposto.  

 

Um das provas de Mirza Ghulam Ahmad Qadiani  ser o verdadeiro pretendente é que Mirza Ghulam viveu mais de 23 anos depois de reivindicar ser profeta. Todo qadiani/ahmadi acredita nisto. Mirza Ghulam disse:

 

“Se nosso movimento não foi então estabelecido por Deus Todo Poderoso, então me dê exemplo da história de qualquer nação que alguém inventou uma mentira sobre Allah e ele sobreviveu muito tempo. Para nós isso já é critério suficiente que o período do Sagrado Profeta Rasoolullah SAAW (de receber revelações) foi de 23 anos. Deus deu a nós o mesmo período de um Verdadeiro e Perfeito Profeta”.  

(Roohani Khazain, Malfoozat vol 1 p.301) 

Aos leitores eu educadamente peço que notem os seguintes pontos:

· Mirza Ghulam reivindicou ser profeta em 1900 e ele ainda rotula este período de revelação como maior que o do Sagrado Profeta Mohammed SAAW.  

· Não há tal critério, que para ser um Profeta seja necessário ter um período mais longo que os Profetas antecessores. Como Mirza Ghulam deduziu isso, só Deus sabe!  

· Teve isto sido assim o que dirá alguém sobre todos os Profetas que vieram depois de Hazrat Noah [Noe](as), que precedeu seu povo em 950 anos.  

·Contudo, como mencionado acima, houve vários pretendentes de profeta que governaram seu povo por longos períodos e ainda eram mentirosos.  

Verdadeiros Profetas costumavam anunciar suas profecias

e os Mentirosos sempre afirmavam isto.



PARTE  IV

Comentários, por Dr David McNaughton, sobre

“ECLIPSES E O PROMETIDO MESSIAS”

15  de novembro de 1995; revisado em  16 de julho de 2000

(“Eclipses e o Prometido Messias”, pelo Dr Muhammad Aslam Nasir, foi colocado na

Internet sob "Crítica das Religiões" em março de 1994.)

 

Dr D L McNaughton é um meteorologista e astrônomo sul-africano que trabalha no aeroporto de Dubai, no Escritório Meteorológico. Ele é responsável por responder todas as questões de natureza astronômica e é considerado uma autoridade neste assunto nos Emirados Árabes Unidos. Ele é bem conhecido localmente e internacionalmente pelas suas valiosas contribuições em artigos neste campo para revistas e periódicos durante os últimos anos.  

Além do seguinte artigo, a nosso pedido, Dr David examinou a ocorrência do eclipse duplo do Ramadan e as declarações feitas por Mirza Ghulam Ahmad Qadiani. Este artigo aparecerá brevemente em Hamdard Islamicus e será colocado aqui também, Insha Allah.

 

1.      A pedra fundamental da tese do Dr Muhammad Aslam Nasir é a sua drástica reinterpretação das palavras de Imam Muhammed al-Baqir ibn 'Ali ibn Husain. A declaração do Imam sobre o eclipse lunar na "primeira noite de Ramadan", é considerado por Dr Muhammad Aslam como recorrendo ao 13º  Ramadan – argumentando que o 13º é o mais cedo Ramadan datado para que tal eclipse seja possível. Semelhantemente, a estipulação de Imam Baqir de um eclipse solar " no meio de Ramadan" foi reinterpretado pelo Dr Muhammad Aslam como um que aconteceu no 28º Ramadan! 

De acordo com contas de Shi-ite, quando Imam Muhammed al-Baqir fez sua profecia, um dos companheiros dele sugeriu que ele teria inadvertidamente invertido a ordem dos dois eclipses. Porém, o Imam respondeu que ele não tinha cometido erro algum. Se realmente (como Dr Muhammad Aslam afirma) este Imam pretendia especificar o 13º e 28º Ramadan, então seguramente ele teria explicado isto quando interrogado. Aqui está uma versão de como eles discutiram isto:

al-Fadl ibn Shadhan informou [com a autoridade de Ahmad ibn Muhammad ibn Abi Nasr] esta conversa entre Tha'laba al-Azdi e Imam al-Baqir:  

Imam Abu Ja'far (Muhammed) al-Baqir predisse: "Dois sinais virão antes daquele que surgirá (al-qaim) [Paz esteja com ele]: haverá um eclipse do sol no meio do mês de Ramadan, e um eclipse da lua ao término do mesmo".

"Filho do Apóstolo de Deus", eu disse, "normalmente um eclipse do sol acontece ao término do mês, considerando que um eclipse da lua acontece no meio do mesmo"?  

 

"Eu sei o que eu disse", respondeu Imam al-Baqir;" estes são sinais que não foram testemunhados desde que Adão desceu.  

(Referências mais detalhadas são dadas abaixo).

Admitidamente, a versão de Shi-ite (acima) difere do que é citado por Dar-e-Qatni e pelo Ahmadis - em que esta história recorre *ao meio e fim* do mês. (Os Ahmadis estipulam o começo e meio)  

 

2.      A "alteração" Ahmadi dessas datas do Ramadan é composta por adicional incerteza - por causa de flexibilidade em especificar exatamente onde são feitas vistas crescentes, ao definir o começo daquele mês lunar.

Países islâmicos ocupam uma larga longitude entre a Ásia oriental e noroeste da África, assim os calendários deles não seguem sempre as mesmas datas gregorianas. Também há uma tendência entre os hemisférios do norte e sul: por exemplo é freqüentemente mais fácil marcar uma lua nova crescente do sudeste  africano que de um país Levantine na mesma longitude (ou vice-versa) - por causa dos diferentes ângulos entre o eclíptico e o horizonte ao entardecer.  

 

Além disso, há outros sistemas de calendário islâmicos em uso que eliminam qualquer dependência na observação lunar: tal calendário (baseado em um ciclo de 10631 dias) foi adotado pela comunidade de Bohra, e (por alguns meses) pelas autoridades da Árabia Saudita. Normalmente corre um ou dois dias atrás dos calendários que estritamente conformam com a visão crescente. 

 

Assim, pode ser improdutivo tentar examinar se ou não eclipses em particular de fato aconteceram (ou começaram) no 13º  Ramadan ou no 14º, ou sempre que, por causa da dificuldade em decidir qual calendário islâmico deveria ser utilizado. Não obstante, há evidência que o 13º não é a data mais cedo possível para eclipses lunares - porque eles podem acontecer ocasionalmente tão cedo quanto o 12º de um mês islâmico (URL/DLMcN, 2000).  

 

Porém, absolutamente não há dúvida que houve muitas ocasiões quando um eclipse lunar e solar foi ambos testemunhados durante o Ramadan (McNaughton, 1996).  

O artigo do Dr Muhammad Aslam contém outra concepção errada em sua afirmação de que todos os eclipses são limitados a; um dia islâmico em particular. Pelo contrário, isto não quer dizer que seja impossível para uma lua já eclipsada subir quando o sol desce, depois de ter sido visível mais cedo em países mais ao leste. Semelhantemente, o sol pode se pôr quando eclipsado - mas continua  eclipsado e acima do horizonte em outro lugar. Alternativamente, um eclipse solar observado da África ocidental ou Europa começará freqüentemente antes e terminará depois do pôr-do-sol no Paquistão, por exemplo.

3.      A menção dos erros que o Dr Muhammad Aslam em von Oppolzer em 1887 fez no Cânon dos Eclipses e enganosa e imprópria devido à disponibilidade de cânones mais precisos, como esses produzidos por Meeus e Mucke e por Bao-Lin Liu e Fiala. (Na realidade, as análises de von Oppolzer eram muito melhor que as insinuações Dr Muhammad Aslam). Também, a desculpa do Dr Muhammad de que eclipses passados não podem ser conferidos corretamente por causa de flutuações na taxa de rotação da Terra e no movimento orbital da lua - ainda é outro "arenque" vermelho.  

 

Se uma sombra de um eclipse esta programada para tocar a superfície da Terra, então ela ainda fará isto mesmo se nosso planeta de repente seja forçado a girar mais rapidamente ou mais lentamente. Admitidamente a cronometragem do eclipse será afetada (de acordo com um relógio que corre em UTC) - mas registros passados quase sempre são bons o bastante para confirmar datas de ocorrência - e realmente permitir aos cientistas deduzir que correção de tempo de UTC é apropriada para cada ocasião. (A contribuição feita àquela discrepância através de variações no taxa de rotação Terra é conhecida como valor "Delta-T" para a data em questão: estas podem ser calculadas para o passado muito mais confiantemente que para o futuro).

 

Apesar do que o Dr Muhammad Aslam insinua, ano após ano variações de ano na forma da órbita lunar pode ser modelada e calculada extremamente bem. A teoria lunar Chapront ELP-2000/82 provê um das melhores rotinas atualmente disponíveis. Contra provas precisas são providas por integração numérica de efeitos gravitacionais de todos os membros importantes do sistema solar. Resultados são depois confirmados por refletores de laser colocados na superfície da lua por astronautas. É verdade que a desaceleração orbital da lua em longo prazo não é conhecido com 100 por cento de precisão - mas durante os últimos dois séculos, o tempo dos eclipses computado de acordo com o algoritmo de Chapront é confiável com a margem de erro de poucos segundos.

 

4. A investigação do Dr Muhammad Aslam dos futuros eclipses até 2100 DC não é convincente sem uma exposição total dos critérios adotados por ele para decidir a data do 1º Ramadan. Há uma larga área "cinzenta" onde não podem ser averiguadas crescente visibilidade com antecedência porque depende muito da densidade da neblina. Isto freqüentemente levanta dúvidas sobre quando exatamente o Ramadan pode começar, e um erro de um dia inteiro é bastante para destruir a tese do Dr Muhammad Aslam. 

 

Uma abordagem profissional também teria declarado quais valores foram assumidos para a correção Delta-T, para permitir a  redução da velocidade da rotação da Terra,; é até possível que outros valores (igualmente plausível) poderiam alterar pelo menos uma destas datas .  

  

REFERÊNCIAS E BIBLIOGRAFIA  

Bao-Lin Liu and A.D. Fiala, 1992: Canon of Lunar Eclipses , (Canon de Eclipses Lunares) 1500 BC- AD 3000. Willmann-Bell Inc., Richmond, Virginia.

M. Chapront-Touze and J. Chapront, 1983: The Lunar Ephemeris(O Efêmero Lunar)  ELP 2000. Astronomia e Astrofísica 124, pp. 50-62.expressões melhoradas são dadas em edição posterior , 1988, em Astronomia & Astrofísica 190,  p. 346. O livro deles Lunar Tables and Programs from 4000 B.C. to A.D. 8000 (Tabelas Lunares e Programas de 40000 A.C. a 8000 D.C.) é publicado por Willmann-Bell Inc., Richmond, Virginia.

Dar-e-Qatni 1, pág. 188. Este menciona a profecia de Muhammed al Baqir ibn' Ali ibn Husain relativo aos eclipses que precedem o aparecimento do Mahdi - narrado por de Amar ibn Shamer, citando Jaber.  

As versões correspondentes de Shi-ite  aparecem em: Kitab al-Irshad (O Livro da Orientação), por Shaykh al-Mufid (d. 1022 DC), Traduzido por I.K.A. Howard (Universidade de Edinburgo), pág. 545, e em Bihar al-Anwar, Majlisi (d. 1699 DC), vol. 113, pág. 161.

 

Explanatory Supplement to the Astronomical Almanac(Suplemento Explanatório para o Almanaque Astronômico), 1992. University Science Books, Mill Valley, California. Contém um capítulo sobre "Calendários" e outro sobre "... Rotação da Terra", como também discussões sobre dinâmica do sistema solar (incluindo integração numérica de efeitos gravitacionais mútuos).

D.L. MCNAUGHTON, 1996,: Eclipses during Ramadan (Eclipses durante Ramadan). Hamdard Islamicus (Karachi) XIX(1). A ‘tabela 1’ mostra um eclipse duplo do Ramadan que ocorre a cada 22 ou 23 anos islâmico. Uma cópia aparece neste website, como também em http://members.fortunecity.com/dlmcn

J. MEEUS, 1991,: Astronomical Algorithms (Algoritmos astronômicos). Willmann-sino Inc., Richmond, Virgínia. Capítulos 45, 47, 48 e 49 discutem o comportamento da lua, inclusive variações em sua distância da Terra. Capítulo 52 é dedicado aos eclipses, e capítulo 9 para flutuações na taxa de giro Terrestre. 

J. Meeus e H. Mucke, 1983,: Canon of Lunar Eclipses (Cânon de Eclipses Lunares) , -2002 a 2526 (2ª edição). Escritório Astronômico, Viena.

H. Mucke e J. Meeus 1983: Canon of Lunar Eclipses (Cânon de Eclipses Solares), -2003 a +2526. Escritório astronômico, Viena.

T. R. VON OPPOLZER, 1887,:  Cânon der Finsternisse (Cânon de Finsternisse). Academia imperial de Ciência, Viena. (1962 edição inglesa publicada por Publicações de Dover, Nova Iorque). 

Também veja o Grande Cânon de Oppolzer de Eclipses (Great Cânon of Eclipses) por W.H.C. - em Céu & Telescópio novembro de 1989, pp. 475-478.  

 

SOFTWARE  

EclipseMaster, SunTracker e MoonTracker são de alta qualidade (possibilitando a examinação de eclipses em um computador pessoal). Eles estão disponíveis no Serviços de Zéfiro (Zephyr Services), Pittsburgh, Pennsylvania.  

Um disquete vem com os Algoritmos Astronômicos de Meeus.  

Tabelas que mostram as datas do eclipse duplo de Ramadans - na parte 5  

Você é bem-vindo a me escrever, ou então contate David diretamente:  

Dr David L. McNaughton  

SERCO/IAL  

PÁG. O. Caixa 1897  

Dubai,  

Emirados árabes unidos.  

http://www.david.mcnaughton.com   

http://members.fortunecity.com/dlmcn  

TELEFAX Do REINO UNIDO: +44-870-1680423  

 

 

Related Links

Article Rating

Average Score: 0
Votes: 0

Please take a second and vote for this article:

Excellent
Very Good
Good
Regular
Bad

Options

Associated Topics

All Topics

Sorry, Comments are not available for this article.

Page Generation: 0.76 Seconds